AMB Maranhão

Dia Mundial do Rim

A campanha da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) desse ano tem como tema “Saúde dos rins para todos: educando sobre a doença renal”.

O dia mundial do Rim é comemorado anualmente na segunda quinta-feira do mês de março com a intenção de conscientizar a população sobre a crescente presença de doenças renais em todo o mundo e a necessidade de estratégias para a prevenção e o gerenciamento dessas doenças

Estima-se que no Brasil mais de dez milhões de pessoas tenham a doença Renal Crônica (DRC). No mundo essa doença causa mais de 2,4 milhões de mortes por ano pois a mesma faz com que os rins percam a capacidade de efetuar suas funções básicas.

O Estado do Maranhão conta atualmente com 222 poltronas de diálise nas seguintes cidades: em São Luís (67), Bacabal (51), Caxias (59), Açailândia (28), Chapadinha (8) e Pinheiro (9) .

Mas a prevenção sempre é a melhor escolha e os maranhenses podem agora contar com o Centro de Prevenção de Doenças Renais – CPDR do Hospital Universitário da UFMA , formado por uma equipe multidisciplinar composta por nefrologistas, endocrinologistas, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, farmacêuticos, educadores físicos e nutricionistas. O foco do Centro é o tratamento realizado por meio de orientações importantes, medicamentos e dieta, visando conservar a função dos rins que já têm perda crônica e irreversível, tentando evitar, o máximo possível, o início da diálise.

A campanha da Sociedade Brasileira de Nefrologia – SBN desse ano tem como tema “Saúde dos rins para todos: educando sobre a doença renal” tem por objetivo:

  • Reforçar a importância de incentivar a população geral e os pacientes renais crônicos a adotarem um estilo de vida saudável;
  • Conscientizar os pacientes renais e suas famílias, capacitando-os para alcançarem uma melhor qualidade de vida;
  • Incentivar e apoiar médicos da atenção primária a melhorarem o conhecimento e condução da DRC em todo o espectro de prevenção da doença;
  • Integrar a DRC às outras DCNT em programas de serviços abrangentes e integrados, possibilitando a detecção precoce e rastreamento da doença renal crônica em âmbito nacional, além de informar os gestores públicos sobre o impacto da doença nos orçamentos/sistemas de saúde, encorajando a adoção de políticas e alocação de recursos, de forma a garantir a todos os renais crônicos uma adequada qualidade de vida.

Fontes
Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN)
Portal Ufma
Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão

Produção e redação
GTZ Comunicação e Marketing

Postagens relacionadas

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.