AMB Maranhão

Dia mundial da obesidade

O excesso de peso atinge 60,3% da população brasileira.

O dia 4 de março é o Dia Mundial da Obesidade. Durante todo o mês a Sociedade Brasileira de Endocrinologia realiza ações de conscientização sobre a doença e dissemina informações em todos os meios sobre a importância da prevenção e do tratamento da mesma.

Dados de 2019 do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o excesso de peso atingia 60,3% da população de 18 anos ou mais de idade, o que corresponde a 96 milhões de pessoas, sendo 62,6% das mulheres e 57,5% dos homens.

O tratamento da obesidade deve ser visto como uma política de saúde pública visto que vem atingindo cada vez mais crianças.

No Maranhão, segundo uma pesquisa da Pastoral da Criança de 2019, o número de crianças obesas já é maior do que a desnutrição infantil. Mas essas crianças estão longe de ser saudáveis pois sofrem com a “fome oculta” – que consiste na falta de vitaminas e minerais no organismo das crianças, que pode ocasionar no desenvolvimento de doenças graves.

Das 30 mil crianças maranhenses que são avaliadas pelo grupo, 3% estão obesas e quase 7% delas estão com sobrepeso.

Essa triste realidade não afeta apenas o Maranhão. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) a fome oculta afeta 1/3 da população mundial que não tem acesso à comida como verduras e legumes, que são essenciais para o desenvolvimento saudável do ser humano.

Por ser uma questão global várias iniciativas públicas e privadas têm atuado para reverter esse quadro.

Para a Campanha Pública de 2022, a SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabolismo) e a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica) criaram várias ações, entre elas uma pesquisa de opinião direcionada ao público com o objetivo de identificar a percepção das pessoas sobre as causas da obesidade e sobre a ocorrência de constrangimento por gordofobia.

O resultado dessa pesquisa dará aos especialistas e às Sociedades Médicas um direcionamento melhor para o tratamento e ações de combate à obesidade.

Participe!

Postagens relacionadas

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.